Por investimentos contra o Coronavírus, Câmara de Vereadores de Cáceres contingenciará gastos para devolver R$100 mil mensais ao Executivo

por Assessoria de Imprensa publicado 24/03/2020 13h40, última modificação 24/03/2020 22h21

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cáceres decidiu, em reunião nesta terça-feira (24), que o Poder Legislativo deverá promover imediato contingenciamento de gastos, com a finalidade de proceder com a devolução de recursos no valor de R$100 mil mensais para a Prefeitura.

Na reunião, foi deliberada a criação de uma equipe técnica de servidores efetivos composta pelo Advogado, Controlador Interno e Contador da Câmara, com a finalidade de fazer um levantamento quanto à viabilidade de realizar esse contingenciamento de gastos. Segundo o Presidente da Câmara, vereador Rubens Macedo (PTB), com o estudo feito pela equipe, constatou-se a possibilidade de fazer uma devolução mensal de R$100 mil ao Poder Executivo para serem aplicados em áreas de necessidade do município. 

A medida se dá por conta da crise pandêmica global proporcionada pelo Covid-19 (novo Coronavírus), que em muitos países está sobrecarregando o sistema de saúde pública e começa a atingir o Brasil com mais força neste momento, causando também impacto negativo na economia. Parte do comércio de Cáceres já está fechada e o Estado de Mato Grosso possui sete vítimas fatais da doença.

Os vereadores acreditam que o repasse em questão demonstrará que o Legislativo está buscando contribuir na luta contra a pandemia. Embora não possam direcionar quais áreas receberão o recurso, algumas das sugestões dos parlamentares dizem respeito ao custeio de equipamentos médicos e a isenção de tarifas de água e lixo das famílias mais pobres do município. 

A Câmara, seus vereadores e servidores se mantêm à disposição da população cacerense para auxiliar na prevenção e combate ao Covid-19 e orientar quanto às melhores formas de prevenção.

 

Felipe Deliberaes/Assessoria de Imprensa